Seja bem-vindo. Hoje é . Deus lhe abençoe!

ARTIGO: Como enfrentar a velhice?

Ninguém gosta de envelhecer. Você gosta? Tanta gente que deixa esta vida em plena juventude, enquanto Deus criou e prometeu longevidade. Todos queremos viver muito tempo; para tanto, a Bíblia recomenda: “Honra teu pai e tua mãe, Para que te vá bem, e vivas longos anos na terra”. É melhor viver longos anos, do que uma vida curta e sem Deus.

O Salmo 92:13 diz: “Os que estão plantados na casa do Senhor, florescerão nos átrios do nosso Deus”. Deus criou o homem para ser produtivo, isto é, para dar frutos, frutos de um caráter cristão. E assim diz no verso 14: “Na velhice ainda darão frutos, serão viçosos e florescentes”. Uma árvore plantada para dar frutos, se der flores apenas, não estará cumprindo a sua missão; pois primeiro vem a flor, prenunciando a vinda do fruto.

A Bíblia compara muitas vezes o homem a árvores frutíferas; outras vezes, a pequenas plantas, tais como: Trigo, milho, soja etc. Quando o agricultor depois de muito trabalho não contempla o fruto, o seu coração enche-se de tristeza se sente frustrado. Como se sentiria Deus, vendo o homem frustrado na sua vida espiritual, ou no seu relacionamento com o seu Criador?

Deve existir um segredo para o homem poder estar preparado para enfrentar a velhice. Olhemos para Abraão, Isaque, Jacó, Moisés e outros que souberam envelhecer. Salmo 92:13 diz: “Os que estão plantados na casa de Deus florescerão nos átrios do nosso Deus”, em outras palavras, são aqueles que têm prazer de buscar a Deus nos seus átrios, como por exemplo diz o Salmo 84:1-2: “QUÃO amáveis são os teus tabernáculos, SENHOR dos Exércitos! A minha alma está desejosa, e desfalece pelos átrios do SENHOR; o meu coração e a minha carne clamam pelo Deus vivo”. O seu desejo era morar na casa de Deus. O apóstolo Paulo em Filipenses 1:21 diz: “Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é lucro”. Então, se queremos viver até uma boa velhice, devemos viver como os escritores da Bíblia, especialmente como Paulo acaba de dizer.

O Salmo 37:25 diz: “Fui moço, e agora sou velho; mas nunca vi o justo desamparado, nem a sua descendência mendigar o pão”. A esta altura perguntamos: vale a pena viver uma vida digna do amor de Deus, conhecendo e obedecendo a Sua palavra? Quem responde esta pergunta é o próprio Paulo, quando escreve no final de sua segunda epístola a Timóteo 4:7-8 “Combati o bom combate, acabei a carreira e guardei a fé. Desde agora a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor justo juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amarem a Sua vinda”. Estas palavras foram escritas em sua velhice, cheia de experiências valiosas para todo aquele que deve preparar-se para a velhice. Conhecemos várias pessoas que ao atingirem certos anos de vida, sentem-se frustrados e descontentes, reclamando de tudo e de todos. Que pena! Vale a pena prepararmo-nos para viver uma boa velhice!

Você prezado leitor, é jovem ainda? Quer viver muitos anos felizes? Então atente para as palavras de Deus: “Lembra-te do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias, dos quais venhas a dizer: Não tenho neles contentamento” (Ec 12:1). Você já envelheceu? Não está contente com a sua vida? Ainda é tempo de fazer uma revisão e voltar-se para Deus e renovar as suas energias na presença dEle. Eclesiastes 9:4 diz: ”Ora, para aquele que está entre os vivos há esperança (porque melhor é o cão vivo do que o leão morto)”.

Vamos orar: Senhor Tu conheces os corações de todos nós. Onde houver amarguras, faça com que haja prazer, alegria e a paz abundante para pobres e ricos, para as crianças, jovens, e para todos os idosos. Fazes Senhor, a tua morada nessas vidas, em nome de Jesus, Amém! (Pr. Timofei Diacov). Imagem: (https://www.novashistorias.com.br/tag/velhice/).

POSTAGENS POPULARES